• Paula Reani

A importância da aliança terapêutica

Todo profissional visa o bem-estar do paciente / cliente, porém para que o tratamento tenha sucesso é necessário que a relação profissional x cliente seja de muita confiança. é importante que o cliente se sinta à vontade para expor as "coisas" da forma como realmente pensa. Ao mesmo tempo o profissional tem que ter empatia, ou seja, saber se colocar no lugar do cliente para poder compreendê-lo da melhor forma possível.


Também deve se dar importância ao ambiente onde será realizado o atendimento, embora em algumas situações, como por exemplo, no contexto hospitalar o local muitas vezes não é o mais adequado, dentro do possível devemos criar condições para que o cliente se sinta seguro e acolhido. E nessas condições se constrói a aliança terapêutica. "A Terapia Cognitiva eficaz necessita de um bom vinculo terapêutico. Embora alguns pacientes possam parecer não se importar com a relação de proximidade com seu terapeuta, querendo apenas ferramentas para vencer suas angústias, muitos deles somente irão adquirir ou usar novas habilidades para mudar suas cognições, comportamentos e respostas emocionais, se esta aprendizagem ocorrer em uma relação de apoio e empatia" (Beck,2007, p. 76).

O psicoterapeuta e paciente devem se sentir como uma equipe, devem se envolver colaborativamente na identificação dos pensamentos disfuncionais, nas mudanças de crenças e comportamentos, na resolução de problemas e reestruturação cognitiva. "Ajudar o paciente na solução de problemas e na melhora do seu humor é um dos meios mais eficazes de fortalecer a aliança terapêutica " (Beck, 2007, p. 80).


Referencia:

BECK, Judith. Terapia cognitiva para desafios clínicos: o que fazer quando o básico não funciona. Porto Alegre: Artmed, 2007.

Posts recentes

Ver tudo
whatsapp (1).png